24 de abr de 2012

Quem disse que o Rei não faz nada?

Para os iniciantes que acreditam que o rei só atrapalha o jogo. Deem uma boa olhada nesse xeque mate de virada. Superioridade numérica não é nada se não prestar atenção no que o seu adversário pode fazer.


23 de abr de 2012

Mais duas partidas bem disputadas.

Tive mais um oponente que proporcionou partidas desafiadoras. E o melhor, saí vitorioso na duas. =P
Na verdade ele desistiu duas vezes, não tive o prazer de realizar um xeque mate, mas ainda assim foram vitórias. A desistência do oponente é um claro sinal de que ele não se considera capaz de vencer. O que é uma pena, pois acredito que ele poderia virar o jogo na segunda partida, já que o orgulho estava para começar a me atrapalhar.

Seguem os prints:

Primeira partida: Longa e desafiadora;

 Segunda partida: Curta e massacrante.
Acho que nesta partida ele estava nervoso por causa da primeira derrota, e abriu brechas perigosas.

17 de abr de 2012

Uma derrota em meio a coleção de vitórias.

Quem vê um título como este pensa que eu sou Ô campeão né? Não é bem assim, tenho muito mais derrotas do que vitórias. Mas quem teria o prazer em colecionar os troféus de outrem? Eu é que não!

A questão deste post é que o prazer proporcionado na partida nele exibida superou o amargor da derrota. Nós éramos páreo um para com outro. Foi uma partida equilibrada e desafiadora, até o momento em que a ânsia pela vitória deixou o adversário abrir mais vantagens.

Segue um print fora de costume, pq eu fui tardio ao tirá-lo. Nele costa apenas as jogas. Um dia dou um jeito de reproduzi-las.